FANDOM


Algumas referênciasEditar

ABREU, Márcia. 2002. Relações entre folhetos de cordel e literatura erudita. In Horizontes Antropológicos, Porto Alegre, ano 10, n. 22, p. 199-218, julho/dezembro.

ALVES, Alberto. 2001.. . .,,.~.,] O cordel e suas histórias: medicina preventiva. São Paulo: Abooks.

AZEVEDO, Carlos Alberto. 1973. O heróico e o messiânico na literatura de cordel, In: Revista de Cultura Vozes, Petrópolis, v.67, n.9.

BATISTA, Abraão. 1989. Literatura de cordel: antologia. São Paulo: Global.

BORGES, Francisca. 1998. Poesia de Cordel: relações icônico-textuais. Texto apresentado no IV CONGRESO LATINOAMERICANO DE CIENCIAS DE LA COMUNICACIÓN, de 12 a 16 de setembro de 1998, em Recife – PE.

BURKE, Peter. 2007. Gravura popular brasileira, In: Revista do IEB, n.44, fevereiro.

CANTEL, Raymond. 1972. Temas da atualidade na literatura de cordel. São Paulo: Eca/Usp.

CARVALHO, Gilmar de. 2001. Xilogravura: doze escritos na madeira. Fortaleza: Editora do Museu do Ceará. __________. 2000. Desenho gráfico popular. São Paulo: Cadernos do IEB. __________. 1995. Xilogravura: os percursos da criação popular. In Revista do IEB, n.39.

CASCUDO, Luís da Câmara. 1984. Literatura oral no Brasil. Belo Horizonte: Itatiaia. __________. [1939] 2005. Resumo biográfico dos cantadores: Leandro Gomes de Barros. In: Vaqueiros e cantadores, SP: Global. __________. 2001. Locuções tradicionais no Brasil. São Paulo: Global.

CENTRO CULTURAL SÃO PAULO. 1985. Cordel em São Paulo: texto e ilustração.

DIEGUES, Manuel; SUASSUNA, Ariano et alii. 1986. Literatura popular em verso: estudos. SP: Vila Rica.

GALVÃO, Ana Maria de Oliveira. 2001. Cordel: leitores e ouvintes. Belo Horizonte: Autêntica.

GONÇALVES, Marco Antonio. 2007. O mundo poético do cordel: um ponto de vista antropológico. Mimeo. Texto inédito.

LIMA, Egídio de Oliveira. 1978. Os folhetos de cordel. João Pessoa: Editora Universitária/UFPb.

LUYTEN, Joseph Maria. 1981. A literatura de cordel em São Paulo: saudosismo e agressividade. São Paulo: Edições Loyola. _________. 1992. A notícia na literatura de cordel. São Paulo: Estação Liberdade. _________. 2001. Um século de literatura de cordel: bibliografia especializada sobre literatura popular em verso. São Paulo: Studio.

MACHADO, Franklin. 1982. Cordel: xilogravura e ilustrações. Rio de Janeiro: Editora Codecri.

MEYER, Marlyse. 1980. Autores de cordel. São Paulo: Abril Cultural.

PROENÇA, Manuel Cavalcanti. 1977. A ideologia do cordel. Rio de Janeiro: Ed. Imago.

RAMOS, Everardo. 2000. A paisagem na xilogravura nordestina: conquista e transfiguração do espaço, In: Salgueiro, H.A. (Ed.) Paisagem e Arte: a invenção da natureza, e evolução do olhar, São Paulo: Comitê Brasileiro de História da Arte. _______________. 2005. Du marché au marchand. La gravure populaire brésilienne. Gravelines: Musée du Dessin et de L’Estampe Originale.

ROMERO, Sílvio. 1977. Estudos sobre a poesia popular do Brasil. 2ª edição. Petrópolis: Vozes.

SANTINI et alii. 2006. Cordel e Ciência: a ciência em versos populares. RJ: Museu da Vida/Casa de Oswaldo Cruz/Fiocruz.

SOUZA, Liêdo. 1976. Classificação popular da literatura de cordel. Petrópolis: Vozes.

TERRA, Ruth Britto Lemos & ALMEIDA, Mauro W.B. de. Sem data. Análise morfológica da literatura popular em verso: uma hipótese de trabalho. In Revista do IEB.

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Também no FANDOM

Wiki aleatória